Urban chic, por Milani e Queiroz

New York, New York. Foi da capital do mundo que vieram as inspirações para a concepção do apartamento com estética industrial para um casal de empresários multifacetado, apaixonado por fotografia, viagens e tudo de bom que a vida tem a oferecer.

A atmosfera nova-iorquina é singular. Não há lugar no mundo que reúna tanta pluralidade quanto a cidade que nunca dorme. Não à toa, é cenário de inúmeros filmes, séries e livros, além de musa inspiradora de canções que versam sobre o seu charme caótico. No projeto assinado pelas arquitetas Andreia Queiroz e Laryssa Milani, do escritório Milani e Queiroz Arquitetura e Interiores, de Curitiba, as referências são de lá, já que Nova York é a cidade favorita do casal — dois homens totalmente cosmopolitas, ligados a tecnologia, design, leitura, fotografia e ao mundo.

Foto: Kacio Lira

“Eles se tornaram mais amigos do que clientes”, contam as profissionais. “Antes de iniciar, nos levaram para conhecer o apartamento e conferir se seria viável implantar o projeto naquela área, senão trocariam de imóvel. Iniciamos sabendo que se tratava do sonho da casa idealizada por eles”. A entrega e a confiança, desde o início, foram combustível para a concepção da proposta de 125 metros quadrados, marcada pelo equilíbrio entre as áreas íntimas e sociais.

Foto: Kacio Lira

Uma curadoria apurada permeia a proposta, com peças de design assinado que evidenciam a força da criação autoral na arquitetura de interiores. Entre elas, a poltrona Bella Donna, de Giacomo Tomazzi, que deixa o couro se moldar ao corpo, apoiando costas, pernas, lombar e cabeça. O tapete concebido por Luciano Dalla Marta como parte da coleção Corbusier cria uma atmosfera de aconchego no espaço social, valorizando o lado anfitrião dos moradores.

Pontos-chave
• Sinônimo de conforto, a sala de estar aposta em uma paleta de cores que aquece para conferir ao espaço o ar de aconchego desejado pelo casal.
• O painel ripado preto cria o pano de fundo perfeito para o painel caramelo, assim como enaltece os objetos de decoração e a tela selecionada de um acervo.
• A linguagem da área social é pautada na estética industrial, assim como os ambientes íntimos. Assim, o concreto aparece nas paredes, trazendo um aspecto brutalista e contemporâneo para a proposta.

Foto: Kacio Lira

A pureza dos materiais foi preservada na composição. Na escada, a madeira ganha protagonismo, realçada pelo projeto luminotécnico que contorna as linhas retas da estrutura. O piano, elemento indispensável, foi posicionado em local de destaque, junto ao espelho com formas orgânicas.

All black, a cozinha recebeu novos armários desenhados pelo escritório. As texturas eleitas para a marcenaria trazem um aspecto multissensorial, agregando não somente ao visual, como ao toque. Para a bancada, a pedra natural colabora com a profundidade proposta pelos móveis fixos, junto aos eletrodomésticos modernos, em um espetáculo de contemporaneidade.

Muito além do óbvio, a mesa foi um elemento crucial no briefing. Construída em madeira curvada natural, a peça rouba a cena com o seu aspecto cru, que mostra o cuidado das arquitetas em enaltecer os aspectos reais dos materiais presentes na composição. O cenário arrojado dialoga com a estética de loft nova-iorquino desejada pelos moradores, graças à mesa, à serralheria e aos móveis pretos, assim como a linearidade dos traços. O arremate fica por conta do pendente Mush, de Jader Almeida.

“Cada canto e cada detalhe foram totalmente personalizados, incluindo a galeria de fotos do corredor que vai para os quartos, com registros de viagens e passeios do casal, emoldurados e com uma memória tão viva”, conta o duo. No quarto principal, a estética industrial aparece no painel de ferro harmonizado com a cabeceira caramelo e no pendente na mesma tonalidade.

Detalhando
1. O sofá Basic, de Jader Almeida, foi eleito para o living, com desenho ortogonal da base elevada de pés torneados, assento contínuo e as grandes almofadas de pluma, que atraem para uma agradável experiência no ambiente de estar.

Foto: Kacio Lira

2. Quem frequenta a varanda com peças contemporâneas e aconchegantes concorda que o cenário poderia, facilmente, fazer parte de um apartamento no Queens, em Nova York. Charmoso, o espaço recebeu móveis de área externa, almofadas e vasos de plantas estrategicamente posicionados para agregar um toque de natureza.

Foto: Kacio Lira

3. No lavabo, o aspecto rústico dos revestimentos é equilibrado com a sofisticação do pendente Dinn, de Jader Almeida. O destaque do ambiente fica por conta do painel verde, com estrutura em diálogo com a linguagem industrial dos outros ambientes.

Foto: Kacio Lira

As criações e edições realizadas pela Supernova Editora
se enquadram na Lei nº 9.610/98 (Lei sobre direitos autorais),
portanto, possuem proteção contra plágios e cópias.
Assim é vedado ao terceiro a reprodução de obra sem prévia autorização,
sendo que a sua utilização sem a concessão enseja reparação civil.