Marcos Bertoldi

Em quase quatro décadas de atuação como arquiteto, Marcos Bertoldi conquistou um nível de reconhecimento exclusivo a um número seleto de profissionais. Essa história começou em 1982, quando Marcos se formou em Arquitetura e Urbanismo pela PUC Paraná e, na sequência, especializou-se em arquitetura paisagística. Após passar um período viajando entre Estados Unidos e Europa, ele voltou para Curitiba e abriu o seu escritório em 1984. Hoje, além da primeira sede, o arquiteto tem um ponto fixo da sua empresa em São Paulo, e trabalha em parceria com o sócio Felipe Chimanski. Logo no início da carreira, de 1985 a 1987, Marcos foi professor de projeto arquitetônico na mesma universidade onde estudou. A empreitada no ensino continuou ao longo da sua trajetória, incluindo palestras em todo o país, aulas em cursos de graduação e de pós-graduação. Com seus projetos comerciais e residenciais, que transitam por arquitetura, interiores e paisagismo, Marcos ganhou prêmios e notoriedade. Já são centenas de publicações nacionais e internacionais destacando a sua identidade profissional. Em 2010, integrou a lista da publicação internacional Architectural Digest, “The New AD 100”, como um dos cem arquitetos mais promissores do mundo. Também teve menções às suas obras em países como França, Alemanha e Argentina. Em 2015, foi o único arquiteto da região sul do país a ter um episódio dedicado aos seus projetos no “Casa Brasileira”, do GNT, principal programa sobre arquitetura residencial do Brasil. Pouco tempo depois, em 2019, Marcos vivenciou mais dois momentos significativos na sua profissão: o lançamento de um livro documentando amplamente seus 35 anos de carreira e a divulgação de um dos seus projetos na série “O Mecanismo”, da Netflix.