João Victor Bussolo e Fernanda Bortolotto

A essência do trabalho de João Victor e Fernanda vem de um encontro de almas. Sócios no escritório, eles também são parceiros de vida. Apoiam-se, complementam-se em suas habilidades, e compensam o curto tempo de carreira com o frescor e a vitalidade da juventude aliados a um talento raro, que pouco se vê por aí. Fernanda, 28 anos, é uma artista nata, que sempre esteve intimamente ligada a tudo que diz respeito à arte e à estética. É ela quem está à frente de todo processo criativo do escritório. Soluções inteligentes e a sensibilidade aguçada são as principais marcas da arquiteta. João Victor, por sua vez, é um executor, um daqueles arquitetos que está sempre presente nas obras e em contato frequente com fornecedores e clientes. Aos 24 anos, tem um talento sem igual para lidar com pessoas e, principalmente, entender suas necessidades e seus anseios. “No início trabalhávamos sozinhos, mas sempre nos ajudávamos com os projetos. Depois de um tempo, percebemos que seria mais vantajoso nos unirmos e, assim, conseguimos atender uma demanda maior de clientes.” Mesmo que eles se esforcem para adaptar cada projeto ao que é solicitado, é muito fácil perceber que há, em cada ambiente projetado, um toque do estilo de trabalho do casal, sempre priorizando linhas retas, detalhes em cores vivas e uma preocupação com os revestimentos, suas texturas e as sensações que transmitem. Além do grande talento, João e Fernanda são também mestres em estar presentes em cada etapa, em cada mínima decisão e prontos para solucionar todas as dúvidas. Se você ainda não ouviu falar desse casal de arquitetos, é só porque eles são muito jovens. Mas o trabalho deles se espalha tão rapidamente pelo estado que, em pouco tempo, será impossível não vê-los por todo canto.