Sombra e água fresca, por Gabriel Bordin

A serenidade típica das casas de praia se aliou à irreverência do estilo contemporâneo na reforma estética e estrutural à beiramar da capital catarinense.

Na busca por um lugar de paz, casas de praias ganham protagonismo e oferecem o seu entorno como um ponto de equilíbrio — um verdadeiro refúgio natural, sereno e simples. Se estar perto do mar já acalenta, ter uma residência em uma das praias mais inspiradoras de Florianópolis é como ver, diariamente, uma pintura famosa que não pode ser copiada — afinal, ela é única. No Canto da Lagoa, a reforma da casa praiana tinha como objetivo modernizar os ambientes e torná-los aconchegantes para todas as estações do ano.

Assinando o projeto de interiores, área externa, retrofit de fachada e paisagismo, o Studio Gabriel Bordin tornou a residência de quase 400 metros quadrados uma mistura perfeita de contemporaneidade e simplicidade — não há excessos, apenas um layout inteligente e elementos que enriquecem o contato com a natureza e a contemplação em família. Apesar da estrutura não permitir grandes alterações, o arquiteto e a sua equipe conceberam espaços fluidos e funcionais, marcados pela estética contemporânea — explorada em móveis assinados e cenários descontraídos.

A iluminação solar banha a área social do projeto, que inclui duas salas de estar e a cozinha. Gabriel Bordin e sua equipe optaram por uma mesa de jantar branca, que atua como “um ponto de luz no centro da composição”.

Foto: Fabio Jr Severo

Peça-chave em projetos que priorizam o aconchego, a madeira adiciona uma pegada rústica e agrega funcionalidade. Para quem quiser deitar, ler um livro ou apreciar a paisagem, a bay window é o elemento perfeito e conta com um sofá espaçoso e um bar.

Foto: Fabio Jr Severo

A mesa Gibi, da América Móveis, insere modernidade ao ambiente de lazer, assim como as esbeltas poltronas Benjamim, de Gustavo Bittencourt.

PONTOS-CHAVE
• Monumental, a pedra São Tomé interliga a sala de estar principal da casa com outros espaços, pois foi inserida na parede da área externa e se estende até o painel da televisão.
• Um painel ripado se sobrepõe à pedra no ambiente, onde superfícies de concreto dão vida a um armário e à lareira da sala. O espaço também possui um acesso ao jardim da casa.
• Os móveis escolhidos para o estar foram pensados para o pleno descanso, conforto e bem viver dos moradores, por isso, têm grandes proporções e um estilo inquestionável. A estética dos elementos dialoga com o piso e o teto amadeirado do ambiente.

Foto: Fabio Jr Severo

Durante a reforma, a cozinha passou a integrar a área social e, agora, os ambientes de lazer se conectam com os espaços externos da residência. A brisa praiana e a conexão com a natureza é inevitável, dialogando com a estética moderna e despojada.

Foto: Fabio Jr Severo

As banquetas Thopin, assinadas por Zanini de Zanine, se equilibram com a linearidade da marcenaria projetada pelo estúdio de arquitetura.

A área externa é um espetáculo à parte, com espaço gourmet, piscina, sala de jantar e outros elementos que incentivam o relaxamento. A poltrona Atúria foi composta com as cadeiras e banquetas da Tidelli, além do grandioso sofá da Artefacto.

Foto: Fabio Jr Severo

Em tonalidades claras, os móveis outdoor dão ares contemporâneos e iluminam o ambiente, já que o forro ripado, a presença da madeira e a estrutura em serralheria agregam sensações de aquecimento.

Foto: Fabio Jr Severo

“A área externa nos fundos já contava com uma piscina, mas carecia de uma atualização funcional e estética”, explica o profissional. Além da piscina de borda infinita revestida em pedra hijau, o local ganhou um deck e outros espaços que unem a praticidade com a leveza protagonista do projeto. Sauna, lavatórios e banheiros também foram concebidos novo layout — onde o verde da vegetação emoldura e arremata o cenário.

Com vista para o azul do mar, a suíte máster tem iluminação natural abrangente e tonalidades claras. As cores foram pensadas para auxiliar na claridade do quarto e estão na marcenaria, nos móveis e em outros itens que agregam estilo, eficiência e conforto.

Foto: Fabio Jr Severo

Como os proprietários desejavam um home office e um espaço de leitura integrados à suíte, o estúdio adicionou uma porta camarão que, quando necessário, setoriza os espaços com excelência.

DETALHANDO

1. Espaço é o que não falta no banheiro máster, que segue a cartela de cores claras e adornos minimalistas. Com duas cubas e dois chuveiros, o ambiente é como um spa contemporâneo do casal. Ganhou espelhos redondos, que fazem o papel de armários, e acessórios da linha Duna Classic, da Deca.

2. Os lavabos e banheiros do projeto são compostos por elementos minimalistas elegantes. A iluminação se destaca nos ambientes, “áreas que reforçam a leveza contemporânea da residência”, explica o arquiteto Gabriel. Neste espaço, a cuba foi concebida a partir de uma coluna em mármore que se estende até o piso.

3. Traduzindo a premissa leve, acolhedora e tropical da residência, o hall de entrada convida à permanência e ao desfrute dos ambientes. O espaço é funcional e possui itens essenciais, como a luminária charmosa e o aparador executado em madeira. Flores e folhas decoram o hall, assim como a obra de arte contemporânea.

4. Contrastando com a claridade predominante na suíte máster, o home office é composto por um extenso painel ripado em preto, responsável por delimitar o ambiente. O elemento também proporciona conforto visual ao usuário, já que não reflete muita luz e incentiva a concentração. A cadeira Gilda, assinada pelo Estúdio Bola, complementa e inspira o espaço de criação.

5. Flutuando sobre o cenário verde, o espelho redondo é um dos protagonistas do lavatório. Com uma grandiosa cuba em mármore, o ambiente reforça o contato com o paisagismo do projeto e, ao mesmo tempo, alia aspectos funcionais e minimalistas.

As criações e edições realizadas pela Supernova Editora
se enquadram na Lei nº 9.610/98 (Lei sobre direitos autorais),
portanto, possuem proteção contra plágios e cópias.
Assim é vedado ao terceiro a reprodução de obra sem prévia autorização,
sendo que a sua utilização sem a concessão enseja reparação civil.